top of page

25 de Julho - Dia Internacional da Mulher Negra Latina Americana e Caribenha


NOSSA LUTA É POR RESPEITO E RECONHECIMENTO DE NOSSAS CONDIÇÕES IGUALITÁRIAS.


"Este ano, completam-se 19 anos do estabelecimento da data, e, infelizmente, racismo e machismo ainda são intrínsecos à realidade brasileira. A representação política feminina negra ainda é muito baixa no país, a diferença salarial entre um homem branco e uma mulher negra, com nível de formação igual, é maior que 100% (dados do Insper, publicados em 2020), e em 2017, 66% dos homicídios femininos foram de mulheres negras. Esses dados não deixam margem a dúvida de que a luta contra o racismo e o machismo é urgente e imperativa. Do contrário, esses antigos preconceitos e violências persistirão, e uma sociedade mais justa e pacífica estará cada vez mais longe de ser atingida, não apenas para as mulheres negras, mas também para os demais grupos sociais. "

Continuemos lutando por uma sociedade mais justa e democrática para todos! 

bottom of page